Curiosidades literárias (1)

1 – O título original de Fahrenheit 451 era “O bombeiro” – Ray Bradbury e seus editores acharam que “O bombeiro” era um título muito chato, então ligaram para o corpo de bombeiros local e perguntaram em qual temperatura o papel queima. O bombeiro que atendeu a ligação pediu que Bradbury esperasse, enquanto queimava um livro, então voltou ao telefone e disse a temperatura.

2 – (…) e Bradbury também escreveu o roteiro da adaptação de 1956 para Moby Dick. – Bem como outros roteiros de filmes e contos e romances que foram adaptados para o cinema.

3 – Dom Quixote é o romance de maior vendagem de todos os tempos, tendo vendido mais de 500 milhões de cópias. No caso é o ROMANCE mais vendido. Mas se for levar em conta o LIVRO mais vendido, então, é a Bíblia mesmo.

4 – Edgar Allan Poe queria um papagaio para repetir a sentença Nunca Mais (Nevermore), no poema “O Corvo”. Ainda bem que o poeta louco não havia perdido de tudo seu juízo e disse que o papagaio não transmitia o tom de melancolia do poema e então decidiu pelo famoso Corvo.

5 – Lolita, de Vladmir Nabokov, teve a princípio sua publicação recusada. O romance era tido como tão controverso que apenas uma editora (Olympia Press) o quis publicar. Três anos depois, quando o livro já era um hit, outras invejosas mudaram de ideia.

Fonte: Literatortura, por Leonne Castro