Escritores brasileiros

Carlos Drummond de Andrade ao 17 anos foi expulso do Colégio Anchieta, em Nova Friburgo (RJ), depois de um desentendimento com o professor de português e a justificativa dada foi insubordinação mental. Também teve sua imagem estampada na nota de 50 cruzados novo.

João Guimarães Rosa percorreu vários estados brasileiros anotando expressões populares e peculiaridades de cada região. Como diplomata, ele protegeu e facilitou a fuga de judeus perseguidos pelo nazismo, sendo homenageado por Israel em 1985. Em 1963, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras, adiando a posse por quatro anos, pois achava que iria morrer logo depois. Assumiu em 1967, e morreu três dias após tomar posse.

Cecília Meireles teve sua vida marcada por tragédias desde cedo. Perdeu o pai antes de nascer e a mãe aos três anos. Casada e com 3 filhas, perdeu o marido por suicídio. Já aos nove anos recebeu seu primeiro prêmio como escritora das mãos de Olavo Bilac. Em 1934 foi a Portugal para uma série de palestras, marcando um encontro com o escritor Fernando Pessoa em um café. Após esperar por horas, volta ao hotel onde tinha um bilhete do escritor dizendo que não fora ao encontro por sugestão do horóscopo matinal.